Cirurgia Plática x Anticoncepcional

O planejamento para uma cirurgia plástica inclui uma série de exames e, também, a comunicação dos medicamentos em uso, como o anticoncepcional. Quanto a este medicamento, o cirurgião plástico analisará a necessidade de manter ou suspender o seu uso. O anticoncepcional, por conter doses de hormônio, altera as funções normais do sangue, o que pode causar trombose (formação de coágulo sanguíneo). O caso mais comum em que os cirurgiões plásticos permitem a continuidade do anticoncepcional é quando a menstruação atrapalha a cirurgia e o pós-cirúrgico, como ocorre com a cirurgia íntima. Lembre-se: cada caso requer uma avaliação criteriosa da paciente. 

Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

Dr. Carlos Tajra

CRM-PI 3820

Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.

Dúvidas? Sugestões de temas? Mande e-mail para carlostajra@hotmail.com