Antonio Félix se licenciará da Assembléia para ceder vaga ao suplente de deputado B.Sazinho

Antonio Félix vai para a Fundalegis e cederá vaga a B.Sazinho
Antonio Félix vai para a Fundalegis e cederá vaga a B.Sazinho

O deputado Antonio Félix (PSD) vai se licenciar do mandato para assumir a presidência da Fundação Humberto Reis da Silveira (Fundalegis) a convite do presidente da Assembléia, deputado Themístocles Filho (PMDB). Com a saída de Félix sua cadeira será ocupada pelo suplente Benedito Carvalho Sá Filho (B.Sazinho, como é chamado), da coligação PMDB-PSDB-PSB-PDT-PC do B-PSD-DEM e PRB. A demora na articulação para que mais um suplente fosse convocado estava na dificuldade em achar quem se dispusesse a se licenciar. Primeiro cogitou-se em convencer o suplente convocado Ismar Marques (PSB), depois a também suplente Belê Medeiros, que também é do PP, mas ela já tem um tio no governo. Foi então que o presidente da Assembléia tomou a frente e solucionou o problema. O pedido de afastamento de Antonio Félix deve acontecer na próxima semana, quando então o suplente será convocado para tomar posse no mandato, ampliando de 11 para 12 o número de suplentes chamados para ocupar cadeiras na Assembléia. B.Sazinho é filho do ex-deputado e ex-prefeito de Oeiras, B.Sá. A convocação do filho foi fruto de pressão de B.Sá depois que o governo – dentro do acordo para atrair o PMDB – aceitou que a Assembléia convocasse mais dois suplentes, um deles Mauro Tapety, família tradicional adversária de seu grupo naquela região.