Filmes, camisas, quadros e muita história: conheça o Museu da Copa em Teresina

O Museu do Piauí recebe entre os dias 12 e 22 de junho materiais que contam a história das Copas

Portas verdes e grandes logo na entrada principal. Alguns passo a dentro e você mergulha em um mar de verde, amarelo, preto e muita memória. Tudo isso representa parte do acervo que está exposto no Museu do Piauí. Esse acervo conta parte da história do Brasil em Copa do Mundo e também busca retratar um pouco de cada Copa. A ideia partiu do cronista esportivo Severino Filho. Com um grande quantidade de camisas, quadros, flamulas, vinis e filmes, Buim decidiu dar o pontapé inicial do projeto do Museu do Buim.

Começa daquela deficiência que nós temos de um material desse tipo aqui no nosso estado. A gente vê ai fora as coisas acontecendo, você tem museus específicos de futebol, em estádios e eu achei interessante aproveitar o clima de Copa do Mundo e aproveitar o que a gente tem em casa. Aproveitando também para instituir, a partir dessa exposição, o Museu Buim de Futebol. A princípio o museus será itinerante ou através de exposição para depois ganhar voos mais altos, afirmou Buim.

Às vésperas do início da Copa do Mundo, a ideia foi fazer o piauiense conhecer o Brasil em Copas do Mundo. O local escolhido foi o Museu do Piauí, que fica em frente à praça da Bandeira, Centro de Teresina. E se toda história guardada dentro do museu pode fazer o piauiense refletir sua origem e costumes, o projeto Museu do Buim quer fazer o piauiense conhecer a história da seleção pentacampeã Mundial.

Teria material para um espaço muito maior, mas a gente com experiência, faz uma adequação e procura também aquele material que pode ser mais interessante, aquele mais raro e deu nisso aqui que você está vendo. Acho que vai ser de agrado do público. Eu busquei Copa do Mundo. De repente você vê muito verde amarelo, mas não há como você contar a história da Copa do Mundo sem falar mais do Brasil. De forma que o Brasil está mais presente até mesmo pela história que ele tem em Copa do Mundo. Além disso precisamos trazer uma coisa que lembrasse um pouco de cada Copa. Então você vai encontrar 1930, 1934, 1954, e outras

Horário de exibição dos filmes sobre a Copa do Mundo
Horário de exibição dos filmes sobre a Copa do Mundo

Verde, amarelo, sons e imagens. Ao passear pela exposição, a sensação de estar imerso em uma época que você pode até não ter vivido, é causada pelo som da vitrola no canto da sala. O que toca os ouvidos são músicas que marcaram época em Copas do Mundo. Para unir tudo isso, o cronista precisou de apoio. O material estava em um quarto abarrotado de memórias em sua casa. Memórias e história que o piauiense pode agora conhecer. 

O Brasil é o país do futebol. Copa do Mundo, apesar da gente ter aqueles problemas do país, a Copa do Mundo desperta a nossa atenção para gente acompanhar os que representam o Brasil. No Brasil o futebol é paixão popular. Então a Copa contagia a todos. Então a receptividade do museu foi a melhor possível. O apoio não apenas do Museu do Piauí, mas também da Fundação Carnaúba, Eugênio Fortes Academia, Everest construções, que são instituições que apoiam esse evento

E como Buim e o futebol ainda tem muita história para contar, a ideia é expandir o projeto cada vez mais. Buscando patrocínio e momentos específicos do calendário piauiense, o cronista promete material e fôlego para muito mais.

 A gente vai trabalhar com os temas acontecendo naturalmente. Vamos gradativamente e da maneira que for possível. É preciso de apoio pra fazer. Então se depender da minha vontade nos vamos ter muito mais exposições e com outros temas. Aniversário de clubes, competições, um grande atletas, são temas que serão explorados. Isso é gradativo

No auditório acontece a exibição de filmes
No auditório acontece a exibição de filmes