Camacho supera drama pessoal para se tornar homem de confiança na conquista

Camisa 29 foi efetivo quando acionado pelo treinador Fábio Carille e se tornou titular na reta final em uma grande atuação na vitória sobre o Palmeiras na Arena Corinthians

Para um jogador do elenco do Corinthians, a conquista do heptacampeonato brasileiro também é uma vitória pessoal. Depois de viver momentos delicados em 2017, Camacho conseguiu dar a volta por cima e terminar o ano como um dos titulares da equipe comandada pelo técnico Fabio Carille.

Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

No elenco alvinegro desde 2016, o volante começou a temporada com uma chance entre os 11 iniciais do Timão. Fazendo dupla com Gabriel, o camisa 29 vinha tendo uma sequência até uma tragédia familiar abalar a vida dele, antes do clássico contra o Palmeiras pelo Paulistão Itaipava 2017.

Após o fato ocorrido, Camacho teve de refazer todo o caminho dentro do grupo corinthiano. Maycon assumiu a posição de titular e se manteve com boas atuações. Ao camisa 29, restava treinar e esperar por uma nova chance.

Restabelecendo-se dos momentos de dificuldade, Camacho foi se tornando uma peça de confiança do técnico Fabio Carille, entrando em muitos jogos durante o segundo tempo. Mas foi exatamente em um clássico contra o Palmeiras que o camisa 29 ganhou uma nova chance.

No Derby na Arena Corinthians pelo segundo turno, Camacho foi titular e ajudou a equipe alvinegra a superar o rival por 3 a 2. Com raça e técnica, o volante provou valor durante a reta final do Brasileirão 2017.

Mais lidas nesse momento