Terry Crews, ator de 'Todo mundo odeia o Chris', revela ter sofrido agressão sexual por executivo

Ator diz que 'executivo de alto nível de Hollywood' 'agarrou suas partes íntimas' e explica que ficou com medo de denunciar e ter sua carreira prejudicada

Terry Crews, ator da série "Todo mundo odeia o Chris", disse nesta terça-feira (10) que foi vítima de assédio sexual por um "executivo de alto nível de Hollywood". Ele não identifica o agressor.

Terry Crews em 'Todo mundo odeia o Chris' (Foto: Divulgação)
Terry Crews em 'Todo mundo odeia o Chris' (Foto: Divulgação)

Ele diz que, em um evento no ano passado, ele estava ao lado de sua esposa e um executivo chegou perto dele e "agarrou suas partes íntimas".

Terry conta que pensou em agredi-lo, mas imaginou as manchetes sobre o caso: "Homem negro de 108 kgs agride chefe de Hollywood". "E eu nem poderia ler pois iria estar na cadeia", explica.

O ator conta que decidiu não denunciar pois o executivo é influente e ele não queria perder trabalhos e prejudicar sua carreira.

O relato de Terry Crews acontece no mesmo dia em que várias atrizes denunciaram agressões do produtor Harvey Weinstein. Ele demonstra solidariedade às vítimas, e diz que Harvey não é o único a cometer estes atos em Hollywood.

"Espero que o fato de eu contar minha história possa deter um predador e encorajar uma pessoa que se sinta sem esperança", finaliza.

Terry também já atuou em filmes como "Missão madrinha de casamento" (2011) e está atualmente no elenco da série "Brooklyn 9-9".

Mais lidas nesse momento