Neymar afirma que não se arrepende de seus erros: 'Me tornam o que sou hoje'

Jogador falou sobre recuperação durante a gravação do 'Altas Horas'

Neymar é a grande estrela do Altas Horas deste sábado, 14/4. Durante a gravação do programa, o craque do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira, fala da recuperação da cirurgia no quinto metatarso do pé direito e afirma que está progredindo muito bem em relação aos exercícios da fisioterapia.

“Falta um mês e pouco ainda (para o fim da recuperação). Estou progredindo bem, está se consolidando bem. Então está tudo nos conformes.” (Neymar)

Serginhou perguntou se Neymar se incomoda com a curiosidade das pessoas, que querem saber sua opinião sobre tudo:
 
“Hoje em dia não. Hoje em dia estou bem acostumado com tudo. Eu sei que, a partir do momento em que você alcança um patamar, tudo o que você fala ou vira lei ou vira contra você. Então você tem que tomar muito cuidado com isso. Eu aprendi muito ao longo desses anos na minha carreira. Já errei diversas vezes. E eu não me arrependo de errar. Não é uma coisa que eu queira mudar. Porque foi com os meus erros que eu aprendi, eu cresci, eu amadureci. Então acho que todos os erros que eu tive foram muito importantes para mim. Isso me torna quem sou hoje”.

"Eu não me arrependo de errar. Isso me torna quem eu sou hoje." (Neymar)
 
A atração também conta com as presenças do cantor Wesley Safadão, da banda Raça Negra, do youtuber Whindersson Nunes e do ex-jogador Léo Bastos, além de outras participações especiais, como a do comentarista do SporTV Muricy Ramalho.

Léo Bastos contou que uma das boas experiências do Santos foi ter conhecido Neymar:

“Desde quando ele subiu, já sabíamos o que ia virar. Fico muito feliz por ter participado do crescimento do Ney e ver o que todo mundo já via: um jogador dedicado, completo e amigo de todo mundo”, afirma.

Outra pessoa que conhece Neymar de longa data é Luiz Carlos, vocalista do Raça Negra. O músico conta que já conhecia o pai de Neymar antes da fama do jogador:

“Fui conhecer o Ney pessoalmente no projeto que ele tem na Praia Grande, no litoral de São Paulo, dando oportunidade para a criançada estudar. Ver um menino dessa idade, com esse talento e com essa preocupação pelo país, é muito bonito”, elogia.

Mais lidas nesse momento