Lucas Veloso fala sobre sua dedicação no Dança dos Famosos

Lucas é um forte candidato a ser vencedor no Dança dos Famosos

Lucas Veloso foi o grande ganhador do Troféu Domingão – Melhores do Ano na categoria humorista, por sua atuação como Didico, na releitura do clássico Os Trapalhões. Forte candidato a mais um prêmio, o de vencedor no Dança dos Famosos, ele conversou com nossa reportagem e falou sobre seus projetos para 2018, e seus desafios no quadro do Domingão do Faustão.

Como foi o seu 2017?

Que ano! Graças a Deus, tudo está dando certo. 2017 tem sido bastante generoso comigo, mas eu acho que é muito uma questão do que você planta na sua vida. 2016 foi um ano muito bom pra mim, porque rolou ‘Velho Chico’, mas foi muito dolorido, pois perdi cinco pessoas e foi muito complicado pra mim emocionalmente falando. 2017 me devolveu tudo, muito trabalho e namoro, coisa que a gente não planeja, mas acontecem. O que Deus vai me dando, eu vou administrando.”

Já conheceu a família da Nathália Melo, sua namorada?

“Nada foi planejado, nunca planejei ficar em uma boa colocação e ir pra final. Ainda não conheci a família dela, nem ela a minha. Não aconteceu por conta dessa correria de ensaios da gente, assim que acabar, tanto eu vou visitar a terra dela, quanto ela vai visitar a minha. Ela mora em Mogi Guaçu e trabalha em São Paulo, e eu moro na Paraíba e trabalho no Brasil inteiro.”

Seu pai lá de cima deve estar lhe aplaudindo. Fale um pouco sobre o Shaolin..

“Sim, tudo que eu sei em relação ao humor, foi graças a muitas amizades dele, eu hoje tenho várias amizades grandes graças a ele, enfim, é um cara que apesar de ter ido embora, está muito presente na minha carreira, fico muito feliz com isso.”

Quais os projetos para 2018?

“Em relação à televisão ainda não sei, não recebi nenhum convite, mas tem um show de comédia que se chama ‘Tudo de Novo’, que eu apresento pelo Brasil.”

Você é o favorito para vencer o ‘Dança dos Famosos’, né?

“Eu não sei, acho que o favorito pode ser o astral, astral que pode ser o meu, porque eu não estou lá pra competir, eu estou pra divertir e me divertir. Não vou ser o comediante mais engraçado se eu ganhar o ‘Dança’, eu vou ser responsável por pessoas se superaram e apostarem em si mesmos, por pessoas terem coragem de dançar, é uma coisa linda, eu nunca dancei na minha vida, mas é uma coisa que vou levar pra minha vida inteira, por ser uma coisa libertadora.”

Você sabia que tinha talento pra dança?

“Olha, sim, a gente vai descobrindo coisas que eu não sabia fazer rápido, me apaixonei por sapateado e não posso parar em uma fila de banco que meu pé já começa a dançar sozinho. É uma coisa que vou levar pra minha vida inteira, nunca achei que soubesse fazer.”

No ‘Dança dos Famosos’ você fez giros de bailarino, como foi isso?

“Até agora estou com dores graças a esses giros, estou me sentindo o Raul Gazolla.”

Como que está sendo ser reconhecido também por seus shows de stand-up?

“Estou vendendo show graças a Deus para o Brasil inteiro, quero fazer mais, quero vender pra fora também, porque eu nasci no palco fazendo humor, e é isso que quero fazer na minha vida inteira.”

Onde vai passar a virada do ano?

“Sempre passo lá (Paraíba) com a minha mãe, minha família, estamos combinando ainda, porque é uma coisa muito particular e eu acho que ela (namorada) deve ser muito família. Deus deu o tempo e se a gente não aproveitar, ele passa e nunca mais volta.”

O Faustão descobriu o seu pai e hoje ele te elogiou pelo prêmio. Fale um pouco sobre esse momento…

“Vou já pedir ele em casamento, mas o Fausto é nosso, ele é um marco, um dos apresentadores e animadores mais marcantes da história do Brasil. Então, devo muito a ele pela minha carreira, existe minha carreira antes e depois do Faustão, sem dúvida alguma e vou ser grato a ele minha vida inteira.”

 

Mais lidas nesse momento