Surge o primeiro pré-candidato da OAB defendendo a autoestima do advogado

Sarmento observa também que o advogado é indispensável a administração da Justiça

Defendendo uma administração transparente e prometendo lutar pela autoestima do advogado, Antônio Sarmento de Almeida Costa é apontado por um grupo de amigos como o primeiro pré-candidato a presidência da OAB-PI para as eleições que ocorrerão no próximo mês de novembro.

Dr. Sarmento percorre o interior do Piauí
Dr. Sarmento percorre o interior do Piauí

Já percorrendo o Piauí em sua pré-campanha, Doutor Sarmento diz que sua principal bandeira será a defesa do tratamento igualitário entre o advogado e os membros do Judiciário e do Ministério Público. “Hoje isso só existe na lei; a realidade é que o advogado ainda é discriminado. A lei diz que ele tem acesso livre, por exemplo, a qualquer secretaria, mas a primeira coisa que se encontra na entrada das secretarias são cartazes dizendo que somente os funcionários terão acesso, dentre outros abusos que sofrem os advogados no dia-a-dia”.

Sarmento observa também que o advogado é indispensável a administração da Justiça. “Ano passado tivemos a fusão de comarcas, que representou o fechamento delas em alguns municípios, por acaso os advogados foram ouvidos sobre isso?”, pergunta o pré-candidato, que também defende a transparência na aplicação dos recursos na Ordem.

Doutor Sarmento (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)
Doutor Sarmento (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

“Vamos implementar audiência públicas de advogados para que a categoria seja ouvida em todas as decisões a serem tomadas em nossa gestão. Recentemente, por exemplo, tivemos o aumento de 13% no valor da anuidade, sem uma discussão com a categoria”, defende Doutor Sarmento.

A nova diretoria da OAB ficará a frente de 2019 a 2020 e Antônio Sarmento já percorre o Piauí. Esteve em Barras, União, Altos e Demeral Lobão. “Estamos com as malas prontas para percorrer Parnaíba, Piripiri, Campo Maior, Floriano, Oeiras, Picos, Bom Jesus, Corrente e São Raimundo Nonato. Estamos mostrando o nosso compromisso com o advogado, sem nenhuma ligação a grupos; sem pensarmos no quinto constitucional. Somos advogados do batente, do dia-a-dia no fórum, conhecemos as necessidades da categoria e representamos a mudança”, finaliza Antônio Sarmento.

Mais lidas nesse momento