Piauí comemora 195° aniversário da Batalha do Jenipapo

Campo Maior será palco das solenidades que relembram a luta dos povo piauiense pela independência do país

Nesta terça-feira, 13 de março, o Piauí comemora o 195º aniversário da Batalha do Jenipapo em Campo Maior. O conflito que aconteceu em 1823 marcou uma das lutas mais sangrentas pela Independência do Brasil. Nas margens do Riacho Jenipapo, tropas dos Estados do Piauí, Maranhão e Ceará lutavam contra os portugueses que buscavam manter o controle do norte do país, antiga ex-colônia de Portugal.

Com armas simples e pouca experiência em batalha, o povo brasileiro não ganhou a Batalha, mas o acontecimento foi decisivo para a Indepedência do país.  

Foto: Reprodução/ARGOSFOTO
Foto: Reprodução/ARGOSFOTO

Em Campo Maior a programação para esse dia se iniciará por volta das 12h na Catedral de Santo Antônio com a missa em Ação de Graças. A partir das 15h30 começará a solenidade cívico-militar no Monumento Jenipapo, a seis quilômetros do município, onde ocorreu a Batalha do Jenipapo.

Uma encenação teatral com mais de 100 atores e cantores, com direção de Franklin Pires e texto de Bernardo Aurélio está marcada para as 17h, no Monumento Heróis do Jenipapo, que irá reviver o conflito que ocorreu há quase dois séculos.

O evento também conta com a tradicional entrega da Medalha do Mérito do Jenipapo e Ordem do Mérito Renascença do Piauí realizada pelo Governador do Piauí, Wellington Dias. Nesse ano, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB) será umas das personalidades homenageadas com a medalha.