Governo constrói 12 poços para melhorar abastecimento em Pedro II

Os poços irão suprir a necessidade do município nos períodos de seca

Por meio da Agespisa, o Governo do Estado está construindo 12 poços para garantir o fornecimento de água nos períodos de estiagem no município de Pedro II. Juntos, eles produzirão cerca de 220 metros cúbicos de água por hora.

Foto: Francisco Gilásio
Foto: Francisco Gilásio

“É uma alegria voltar a Pedro II e ver essa obra, pois aqui vivemos momentos duros. Em 2017, o açude da Joana secou e, é interessante que mesmo este ano tendo um inverno forte, ele ainda não tem tanta água acumulada. Hoje o açude tem  aproximadamente 25% da sua capacidade de água, ainda está abaixo, pois queremos que ele tenha no mínimo 60% do seu volume para termos uma maior segurança hídrica a partir dele. Aqui eu destaco todo o empenho da equipe da Agespisa e a parceira com o município para a gente garantir essa bateria de 12 poços que irão assegurar o abastecimento no período não chuvoso. Queremos que o açude alcance um volume de segurança, mas por outro lado já estamos também possibilitando outra forma de abastecimento”, afirmou o governador.

De acordo com Genival Sales, presidente da Agespisa, os poços que estão sendo concluídos no município de Pedro II irão solucionar o problema de abastecimento da cidade. “Com a conclusão desses poços aqui, nós vamos ter uma vazão de 220 metros cúbicos de água por hora. Hoje a cidade só precisa de aproximadamente 150 metros cúbicos por hora, com isso, nós vamos ter mais tranquilidade, pois teremos suficiente para abastecer a cidade, uma vez que vamos trabalhar com reserva para emergência. Além disso, ainda temos a água do açude que iremos usar agora em volumes menores para que possamos manter as nossas redes de abastecimento com a pressão necessária para a água ser contínua nas residências. Agora, em Pedro II teremos água vinda do subsolo, como também por meio do açude”, comenta o gestor.  

Orla do Açude Joana

“Aqui em Pedro II, vamos continuar trabalhando para concluir a orla do açude Joana, que está sendo executado pela Secretaria de  Estado do Turismo (Setur). A cidade também está dentro do programa de mobilidade urbana do Estado, nessa parte voltada para asfaltamento, e vamos tratar disso nesse contrato com a Caixa Econômica Federal. Vamos seguir trabalhando por um conjunto de ações, porque a comunidade merece”, disse Wellington Dias.

O secretário de Estado do Turismo, Bruno Correia Lima, assegurou que a obra tão esperada pela população será concluída em breve. “A orla do açude Joana já está quase concluída, estamos com 80% da obra feita. Essa é uma obra muito importante para o município de Pedro II, pois vai dotar a cidade de uma área de lazer para a população com calçadão, bares, restaurantes, quadras e campos para as práticas de vôlei e futebol. O espaço impulsionará a economia, pois beneficiará a cidade com mais oportunidade para o comércio”, disse o gestor.

Participaram da visita, os deputados estaduais Francismo Limma e Fábio Xavier; o deputado federal Assis Carvalho; Merlong Solano e outras autoridades.